Toda terça-feira, há 5 anos, o físico Luiz Alberto Oliveira vem falar de filosofia aqui. É muito útil. Ninguém quer ser intelectual, mas a gente fica com uma idéia do planeta, que está lá no fim da galáxia, longe de tudo. Isso dá a você uma idéia melhor da precariedade do ser humano, que é um fodido. Nasce, morre, como outro bicho qualquer, então por isso mesmo ele deve ser mais modesto, não pensar que é importante. O sujeito que pensa que é importante é para mim um débil mental. -Oscar Niemeyer

sexta-feira, janeiro 07, 2005

Avaliação 2004


2004 foi um ano em que TUDO deu certo. Um ano de muitas mudanças. Saí do que chamaria um estado de "blues" para adquirir o que chamo de "espírito guerreiro". Um ano vitorioso, senti-me bastante realizado. Não é fácil começar do "zero", mas deu certo, até mesmo aquilo que tinha tudo para dar errado! É, eu deveria ter jogado na loteria!

"Estar de bem com a vida só depende de nós". É, em grande medida, acredito nisso. Depende da maneira com a qual 'encaramos' essa vidinha como ela se nos apresenta. Acredito que, no momento em que acabou, acabou, não há nada após. Só o pó. Resta aproveitar e tentar ser feliz. E o aprendizado que tive é de que ela não deve ser levada com muita seriedade ou gravidade (ou melhor, a vida não é para ser levada a sério - this is where happiness belongs!); e, importantíssimo, manter o espírito guerreiro sempre! Se está ruim, coragem para mudar; se está bom, podemos deixar ainda melhor. Basta determinação, perseverança, coragem, convicção, estabelecer objetivos e acreditar no que se deseja - o espírito guerreiro engloba tudo isto. E ficar de bem com a vida.

Abandonei o gnosticismo representado pela depressão para encontrar-me completamente lúcido, racional. O deprimido é um ser extremamente supersticioso, coloca mil besteiras na cabeça, de preferência aquelas capazes de o colocar para baixo, e acredita em todas elas. A cirurgia de visão pôs fim a este período obnibulado. O cético não tem que ser pessimista. Mudei radicalmente em algumas coisas. Antes eu ficaria arrasado se algo me magoasse; se um relacionamento fosse por água abaixo, a minha vida também, eram meses de choradeiras e melodramas. Agora penso que ficar magoado é coisa para 'franga'! O cara tem que ser forte, ser macho e acabou. Nào tenho medo de nada, é matar no osso do peito.

Sabe o que faço para não me estressar? Penso na vida ora como um guerreiro, ora como um pândego - daqueles que, não importa o que aconteça, mantém o bom humor, recorrendo ainda ao sarcasmo ou à ironia. Debates na internet, por exemplo: podem me ofender, magoar ou até mesmo xingar a minha mãe -- e se eu não for indiferente (adotei a política do "dane-se", do "whatever", do "foda-se"), na maioria das vezes irei até me divirtir. Testar e observar o comportamento alheio nestes casos é uma experiência realmente divertida -- quanto mais ignorante e intolerante o interlocutor, maior a diversão. Todavia, isso não quer dizer que eu não vá levar a sério um relacionamento, o emprego, a vida acadêmica, etc. Mas sem estresse!

Estar de bem com a vida. Como dizem onde trabalho: "hoje o dia foi massacrante mas tu te divertes, né?". É por aí.

"As grandes épocas de nossa vida são aquelas em que temos a coragem de batizar nosso lado mau de nosso lado melhor" Nietzsche, Além do Bem e do Mal (116, pg. 75)

segunda-feira, janeiro 03, 2005

John Rawls e a sua "Teoria da Justiça", conceitos básicos ou um pequeno glossário



A posição original
Situação hipotética segundo a qual as partes contratantes, representando pessoas racionais e morais, livres e iguais, escolhem, sob um "véu de ignorância", os princípios de justiça que devem governar a estrutura básica da sociedade. In somma, a versão revigorada de Rawls para a idéia de contratualismo.

O véu de ignorância
Condição capaz de assegurar que, na escolha dos princípios de justiça na "posição original", não serão levadas em consideração concepções particulares de bem, a posição social, os talentos e habilidades particulares das partes e de cada cidadão representado.

A sociedade bem-ordenada
Rawls confere a esta o ethos de uma sociedade como um sistema justo de cooperação entre pessoas livres e iguais. Uma sociedade bem-ordenada será aquela que, efetivamente, estiver bem regulada por uma concepção pública e política de justiça, na qual cada cidadão aceita, e sabe que todos os demais cidadãos também aceitam, os mesmos princípios de justiça, precípuos aos termos eqüitativos de uma cooperação social.

Razão pública
A razão compreendida entre os cidadãos de uma sociedade democrática liberal, na medida em que todos compartilham uma mesma concepção de justiça.

Igualitarismo liberal: igualdade do bem-estar social, mínimo de intervenção da esfera pública na privada, individualismo.

Democracia deliberativa
O bem individual deve ser escolhido de forma a considerar o interesse dos demais membros da sociedade, otimizando as possibilidades de concretização do fim racionalmente escolhido por cada um.

Os princípios de igualdade
Rawls considera dois princípios que, aplicados à estrutura básica da sociedade, são essenciais para garantir a distibuição de bens primários para todas as pessoas, independentemente de seus modelos de vida e de suas concepções de bem. O autor enfatiza bens primários como a autoestima e o auto-respeito, acompanhados de outras liberdades básicas, rendas e direitos à recursos sociais essenciais como educação e saúde.

A estrutura básica da sociedade desvela-se na forma com que instituições sociais, econômicas e políticas organizam-se sistemicamente para atribuirem direitos e deveres aos cidadãos.

a) princípio da igual liberdade
Todas as pessoas possuem igual direito a um projeto amplamente satisfatório de direitos e liberdades, projeto este compatível com todos os demais, dentre os quais a liberdade política, e apenas esta, deverá ter seu valor eqüitativo assegurado.

b) Como a todos são atribuídos os mesmos direitos e deveres, as desigualdades são justas. Entretanto, as desigualdades sociais e econômicas devem satisfazer a dois requisitos:
b.1) Princípio da fair equality of opportunities
Devem preservar o acesso de todos os cidadãos à cargos e posições, em igualdade eqüitativa de oportunidades.
b.2) Princípio da diferença
Devem representar o maior benefício possível aos membros menos privilegiados da sociedade (também chamado de princípio do "maximin", o menor dos piores resultados possíveis).

Ver Oliveira, Nythamar de; Rawls, Jorge Zahar (2003). Rawls, John; Uma Teoria da Justiça, Martins Fontes. Rawls, John; O Direito dos Povos, Martins Fontes.

(ok, ok. coloquei este post para poder 'guardar' e ler virtualmente o texto enquanto estudo a idéia central que irei utilizar em um artigo sobre "Ação afirmativa" ou "o direito do indivíduo a uma igual proteção").

sábado, janeiro 01, 2005

Feliz 2005!




/:
///:,
//////:,
.W. ////////:,.
.WWW, ///////////::,.
.WWWWWW, ////////////////::,,.
.WWWWWWWWW,. ////////////////////::,,.
.WWWWWWWWWWWWW,. ///////////////////////////:,. ()
WWWWWWWWWWWWWWWWW,.//////////////////////////////. /
WWWWWWWWWWWWWWWWWWWWW:,.//////////////////////////. Y :
WWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWW:,,.///////////////////. : / ()
WWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWW:,,.///////////.,,. Y /
WWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWW:,///.:WWWWWW, :----
WWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWW,//,WWWWWWWWW: /
WWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWW///:WWWWWWWWWW./
WWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWW'///:WWWWWWWWVVV.
'WWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWW'/////WWWWWWW//''V.
'WWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWW:,./.,WWWWWW//
'WWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWW//W,
'WWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWW//WWW,
'WWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWW//WWWWW:
'''WWWWWWWWWWW/''WWWWWWWWWWWWWWWWWWWW:
''''''' ,WWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWW'
.,,::WWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWW'
.,,:WWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWW:'
..,,,,,:WWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWW::''
'WWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWW:'''
''WWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWW'
'''WWWWWWWWWWWWWWWWWWWWW'
'''WWWWWWWWWWWWWWWW'
'''WWWWWWWWW'
'''

Books

  • CHESTERTON, G. K.. Ortodoxia
  • CLAUSEWITZ, Carl von. Der Krieg
  • COLERIDGE, S. T. Biographia Literaria
  • EVOLA, Julius. Men Among the Ruins
  • GUDERIAN, Generaloberst Heinz. Panzer Leader
  • GUÉNON, René. The Crisis of the Modern World
  • JUNGER, Ernst. Storm of Steel
  • SCHMITT, Carl. Der Begriff des Politischen
  • SWIFT, Jonathan. Panfletos Satíricos

Fave music:

Syd Barrett's Pink Floyd, Cream & Clapton, King Crimson, Univers Zero, Heldon, Faust, Magma, Mahavishnu Orchestra, Miles Davis, Astor Piazzola, Frank Zappa, Marty Friedman, Al Di Meola, Jefferson Airplane, Led Zeppelin, Funkadelic, Allman Brothers, Blue Cheer, Beatles, U2, Chrome, Velvet Underground, The Stooges, John Cage, Villa-Lobos, Beethoven, Bartók, Stravinsky, Bach... & Coltrane, Coltrane, Coltrane, C-O-L-T-R-A-N-E-!

E SLAYER, PORRA.

Pleonasmo


Powered by Blogger

Resolução mínima recomendada: 800x600


O Autor

O homem só será capaz de atingir sua racionalidade plenamente quando for capaz de despir-se de tudo o que lhe deveria ser abstruso, principalmente os adereços da ignorância e do preconceito.

Plus au sujet de moi: Vous la saurez en temps voulu... Ou peut-être vous ne saurez jamais... Qui sait? Ah, arquétipos: tropismo por mulheres de óculos.


"O casaco de Arabela Tá com bosta na lapela É bom, mas está borrado. Veio o inverno, veio o frio, O casaco ainda serviu, Borrado não é rasgado." Bertolt Brecht


Humor: Les couleurs du chat peuvent changer.